A vila da Sertã na Beira Interior - Portugal

Bookmark and Share
French Version
Benvindos à Sertã - Certã
A Capela da Sra dos Remédios Festas a 15 de Agosto Contacto Livro de visitas
Menu do Site
Gentes e testemunhos sobre a Sertã
Padre Antonio Lourenço Farinha nasceu a 15 de Abril de 1883 na aldeia do Mosteiro de S. Tiago, freguesia da Varzea dos Cavaleiros, concelho da Sertã.

Publicou uma primeira edição de uma monografia "A Sertã e o seu Concelho" editada em 1930

A Câmara Municipal da Sertã decidiu publicar uma nova Edição da Monografia "A Sertã e o seu Concelho" em 15 de Abril de 1983.

O Padre Jacinto Leitão Manso de Lima publicou a Certã Enobrecida um manuscrito de 1730 conservado na Biblioteca Publica de Lisboa.

O Beato Nuno Alvares Pereira nasceu no Concelho da Sertã em Cernache do Bonjardim.

Teria havido restos das estradas romanas na ermida da Senhora do Remédios.

Links

O Livro de Visitas da Sertã
www.flickr.com
Virginia Manso Sertã_Portugal photoset Virginia Manso Sertã_Portugal photoset

Os horários autocarros da rede nacional de Expressos de Lisboa para Sertã :

Escolher a Sertã, 
LISBOA-SERTA faz 185 km e 11 euros.
Por SMS ao 969 50 20 50 fazer RNE I 1 315 para informações sobre horários e 
RNE R 1 315 DDMM HHMM pour reservar um lugar


Kalissimo

Sertã no Google Earth

Pintura: Honoré Daumier




Apresentação e Armas da Sertã
Sertã vista do Castelo
A Sertã vista do Castelo com os Paços do Concelho no topo
(edificio de 1934 depois de uma construção da Camara Municipal a 1927 por Cassiano Branco)

Localização
: Onde fica a Sertã ?

O brasão da SertãA vila da Sertã fica no centro de Portugal no Distrito de Castelo Branco na provincia da Beira Interior antigamente Beira Baixa de codigo postal 6100 na zona do Pinhal Interior Sul.
É concelho e freguesia à beira da estrada IC8 e a 20 Km do centro geodésico.
Armas : Um escudo de vermelho com uma torre torreada de prata, aberta e iluminada de negro. Em chefe, de ouro, uma sertã de negro, acompanhada por duas cruzes de vermelho, uma do Templo e outra de Malta. Em contra-chefe, dois rios, de prata e de azul, que se ligam ao centro e seguem para o pé do escudo.  Coroa mural de prata de quatro torres. Tem un listel branco com a legenda de negro : "VILA DA SERTÃ" e "SARTAGOSTERNIT SARTAGINE HOSTES" (A Sertã derruba os seus inimigos com uma sertã).

Bandeira
: Esquartelada de branco e negro, cordões e borlas de prata e negro. Haste e lança de ouro. Ordenação heráldica do brasão e bandeira Publicada no Diário do Governo, I Série de 23/01/1936 
Turismo na Alameda da Carvalha - Sertã (clique para ampliar as fotos)
Un espaço de lazer junto à Ribeira Grande
Um lagar de Varas          O lagar de vara da alameda da Carvalha na Sertã  Junto à Ribeira da Sertã na praça da Carvalha 
ou lagar da Carvalha na Sertã.

Uma bela ponte romana Ponte romana junto à Ribeira da Sertã  A ponte da Carvalha na Sertã
com 6 arcos de alverania e 64 metros de comprimento a que chamam tambem Ponte Velha ou da Várzea junto a um acude; com sorte por vezes apareçem lontras.
 
Un espaço administrativo Na Carvalha da Sertã Homenagem ao Padre Manuel Antunes
com o tribunal da Comarca da Sertã  
e uma estátua homenagem ao Padre Manuel Antunes nascido na Sertã a 3 de Novembro de 1918. 

A Carvalha
No seu livro A Sertã e o seu Concelho, o Padre Antonio Lourenço Farinha diz :
"É conhecida por este nome a alameda situada junto da ponte velha da vila e do Convento de Santo Antonio.
É assim denominada porque ali foi feita nos tempos antigos uma plantação de carvalhos, um dos quais se tornou celebre não só pela sua invulgar corpulencia, pois o tronco tinha de circunferencia 38 palmos, mas principalmente porque à sua sombra se realizou uma sessão magna da Camara Municipla no meado do século XIV, como constava do respectivo Livro de Registos da Secretaria, arvore que ainda existia em 1874.
Os sertaginenses tiveram sempre o bom gosto de conservar cuidadosamente este  pequeno parque, que é o sitio mais aprazivel da Sertã, se exceptuarmos o adro da igreja matriz. O nosso conterraneo Padre Manso de Lima dizia em 1730 que estava plantada de álamos e carvalhos, chamando-lhe «uma nobre e espaçosa entrada» e Frei Claudio de Menezes, em 1791,«uma vistosa alameda»."
Nova ponte da Sertã O café da Carvalha - Sertã

No segundo Festival de Marisco em 2008 na Alameda da Carvalha da Sertã foi apresentada a maior sertã do mundo. Link para os eventos no site da Sertã

A Casa da Cultura da Sertã vai propondo exposições, concertos e abriga o posto de turismo da vila.
 
A Praia Fluvial na Ribeira da Sertã
Na época estival a ribeira Grande oferece uma zona de banho agradavel com praia fluvial, bálnearios, bar e piscina adjacente e um canto preparado para fazer grelhados. 
Piscina fluvial da Ribeira da Sertã vista do miradouro
A ribeira da Sertã nasce no concelho de Oleiros, recebe como afluentes a ribeira do Amioso no Moinho da Rola e a ribeira do Escaldado no Vale do Souto para a seguir ir desaguar junto à localidade de Foz da Sertã no rio Zêzere.
Na parte Oeste da sertã passa a ribeira do Amioso (ribeira Pequena) junto à qual foi se encontra a fonte da boneca.
O Castelo da Sertã
A porta de entrada do Castelo da Sertã convida a uma visita de onde se avista a colina da Igreja Matriz. Fala-se de un subterâneo ligando a igreja ao castelo mas de difícil acesso por razão das luzes se apagarem quando de tentativas de exploração. Lendas ? O castelo da Sertã foi construido no Sécule X.

Porta de entrada do recinto do Castelo da Sertã  Vista geral do castelo da Sertã  A Igreja Matriz da Sertã vista do Castelo
Gravuras Rupestres no Concelho da Sertã - arquelogia
Perto da Sertã, há duas estações de gravuras rupestres em processo de classificação no Património Português :  na freguesia de Figueiredo as insculturas da Fechadura en xisto entre o Figueiredo a a Santinha no cimo da serra a 780 metros de altitude : 

Fechadura - arqueologia


e as insculturas da Lajeira perto das Relvas junto à estrada Relvas-Pernas do Galego na freguesia da Ermida a 830 metros de altitude também em laje de xisto:

Lajeira -arqueologia - arte inscultoria
 
Outros monumentos - Sertã
O convento de Santo Antonio hoje pertencente ao Município serviu préviamente como quartel da Guarda Nacional Republicana, foi construido no século XVII e abrigava antigamente os frades dos Capuchos reformados.

Convento de Santo Antonio - Sertã - Portugal  Antigi Convento da s Frades Capuchos reformados - Sertã

Havia antigamente uma zona funeraria pré-historica com as Antas da Abegoaria.
Datas - Povos primitivos e influências na Peninsula Ibérica

Iberos Fenicios Gregos Celtas Celtiberios

nomados, pastores e guerreiros oriundos de Touran no Turquestão

chegaram à Peninsula no século XII antes de Cristo, descendentes de Canaan, gente rica e habil na industria, comércio e arte de navegar.
Obras de ourivesaria, vidro e cerâmica.
Trazem o alfabeto, vieram atraidos pelas minas de prata, cobre e estanho da Peninsula
Deve-se-lhes a formação de Lisboa,
Não é provavel que se tenham estabelecido na Sertã mas a sua influenia civilisadora durante 5 séculos deve-se ter sentido.

estabeleceram-se em Cadiz no século VII antes de Cristo e mais tarde nas costas maritimas da Lusitania com pequenas colonias nas margens dos  rios navegaveis

Este povo não devia ter ocupado a Sertã mas certamente deixaram influências

no século XVI, semi-nomadas, barbaros e belicosos, originarios de Scitia; eram altos loiros ou ruivos, robustos - agricultura, gado, fabrico de armas e ustensilios de metal

misturaram-se, divididos em tribos independentes com os galaicos no norte e os lusitanos entre o Douro e o Tejo a tribu mais poderosa da Peninsula e os Vetões ao sul; tribo dos Lancienses da Beira desde o Mondego até ao Tejo e desde o Edge até ao Zêzere, dos Pezures na Covilhã, Castelo Branco e parte da Serra da Estrela.

Os deuses mais célebres eram Endovelicus e Atagine
A capital dos Celtiberos era Meridaela
Os Cartaginenses Os Romanos Os Barbaros do Norte  Os Mouros

Antigos Fenicios que estiveram estabelecidos em Cartago na Africa Setentrional onde se misturaram com os Libios e Mouros, apoderaram-se das colonias dos Fenicios  e ocuparam o centro, o oriente, o sul e ocidente da Peninsula.
Não ha sinais da sua presença na Sertã.

Explusaram os Cartaginenses.

Os Lusitanos infligiram muitas perdas ao exercito romano sob a chefia militar de Viriato que depois de 9 anos de luta, foi morto à traição - 140 anos antes de Cristo)
Sertorio, un general romano proscrito da sua patria por razões politicas veio estabelecer-se na Peninsula 80 anos antes de Cristo.
Foi morto pelo seu logar-tenente comprado pelo Consul Metelo Pio.

Os Lusitanos ficam então sob dominio do Imperio Romano que construiu muitas estradas

 Primeiro estabelecimento na Peninsula en 409 depois de Cristo.
Atravessaram o estreito de Gibraltar en 711 não sendo bem recebidos na Lusitania, construiram templos numa primeira etapa e decidiram a seguir aplicar impostos aos que não se convertiam ao islamismo.
O concelho da Sertã não foi cobiçado por eles, tinha poucas semelhanças com os paizes de onde vinham.
Há poucas terras cujo nome começam por "Al" e apenias teria nessa época fiscais e tesoureiros de impostos.

Frequentemente se ouve falar de lendas de Mouras e tesouros encontrados nas tocas dos rochedos, vales e locais solitarios, fontes e regatos - serão crenças de gente ingénua, restos do pavor deixado pelos dominadores; apenas se têm encontrado nestes sitios restos de moedas de Romanos ou túmulos pré-historicos.

Quando os reis cristãos os derrotaram, permitiu-se que alguns ficassem e se convertessem mas foram expulsos por Filipe III en 1610 para a Africa e Turquia.

Os Mouros contribuiram para o progresso da agricultura pelo seu contacto com ao Oriente em particular com o Império grego de Bisancio. Introduziram o feijão, o arroz mas também a polvora no exército.
Informações da Sertã
Antigamente chamada Certã até 1920, os seus habitantes chamam-se sertaginenses.
Há referençias a Sartagine, Sartaãe, Sertaãe,
Superficie da Sertã : 444 km2, codigo postal : 6100

Feriado municipal a 24 de Junho, Orago : São Pedro

Tem 14 freguesias

A Rádio Condestável de Cernache do Bonjardim em 91.3 , 92.7 e 107.7

Jornais : A Comarca da Sertã

O Pinhal Digital é un jronal online que também cobre a vila da Sertã.
 
Região :
Nas antigas provincias a Sertã ficava na Beira Baixa mas desde o decreto-lei n.º 19/98 de 28 avril 98 que organizou Portugal em 8 regiões administrativas fica na da  região Centro e sub-região da Beira Interior
Região do turismo dos Templarios

( A Beira Interior : Aguiar da Beira, Almeida, Belmonte, Castelo Branco, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Gouveia, Guarda,
Idanha-a-Nova, Manteigas, Oleiros, Penamacor, Pinhel, Proença-a-Nova, Sabugal, Seia, Sertã, Trancoso, Vila de Rei, Vila Velha de Rodão)

A sertã tem várias igrejas e capelas :
Igreja Matriz (século XV) com talhas douradas barrocas e azulejos dos séculos XVI/XVII, uma sacristia com um retablo que seria da Escola de Grão Vasco,

São João Baptista,
Sra da Conceição,
Santo Amaro,

Igreja da Misericórdia dos séculos XVI/XVII com belos azulejos do século XVIII e um alto-mor em talha dourada, uma janela gotica e um portico renascentista,
Igreja de Santo Antonio.
Gastronomia
Bucho Recheado

Maranhos

Cabrito Estonado

Cartuchos à moda de Cernache do Bomjardim
Festas e Romarias nos arredores da Sertã
Senhora dos Remédios
em Agosto

Senhora da Graça
em Outubro

Senhora da Confiança
em Setembro perto de Pedrogão Pequeno indo para a Barragem do Cabril.
Feiras na Sertã
Feira dos Passos na quinta e sexta-feiras da Quaresma.

Feira de S. Marcos na quinta feira mais junta a Abril.

Feira de S. Neutel a 27 de  Junho e de S. Pedro a 29 de Junho.

Feira das Varas a 15 de Outubro

Mercado todas a sextas-feiras sendo a parte alimentar junto ao largo da igreja matriz e o resto dos feirantes do  mercado no cimo da vila.
Novidades
En Français :
La légende de la Chapelle de Nossa Senhora dos Remédios,  Les Fêtes, La peinture de Américo Martins Delgado, Liens Voyage


Copyright © 2011- Virginia Manso - Nossa Senhora dos Remédios